19 de mar de 2012

Ponto de Cultura

VIAGEM AO PASSADO - UM POUCO DE HISTÓRIA
16 DE MARÇO - ANIVERSÁRIO DE PETRÓPOLIS

   Petrópolis foi fundada em 16 de março de 1843, na época em que a Fazenda do Córrego Seco estava arrendada ao Major Koeler.
    Em 1844, obedecendo àquela lei que, em 1840, mandava abrir uma estrada ligando a Vila da Estrela ao rio Paraibuna, foram contratados colonos alemães para construir uma estrada.
    O contrato para a construção da estrada exigia 600 casais de alemães, mas vieram na realidade 600 famílias, o que dava um total de 2.303 pessoas. Como chegaram todos quase ao mesmo tempo, o governo da província ficou em dificuldades para acomodá-los.
    Foi por isso que o Imperador Dom Pedro II mandou oferecer as terras de sua Fazenda do Córrego seco para que nelas os colonos se estabelecessem.
    Em 29 de junho de 1845, depois de terem passado quase um ano viajando, chegaram a essas terras os primeiros colonos alemães, e assim foi fundada a Colônia de Petrópolis, cujo primeiro diretor foi o Major Júlio Frederico Koeler, que morava na mesma fazenda, como arrendatário, o responsável pelo arrendamento das terras.
    As terras da fazenda foram divididas e dadas por aforamento e o Imperador isentou os colonos de taxas por oito anos, quer dizer que por oito anos eles não precisaram pagar nenhuma taxa pelo uso das terras. Muitos dos colonos continuaram a ser ajudados depois, tendo impostos perdoados sempre que precisavam.
    Até hoje se festeja, em Petrópolis, o dia 29 de junho como o dia da chegada dos primeiros colonos.
    Quase um ano depois de estabelecida a colônia, a 20 de maio de 1846, ela foi elevada à categoria de freguesia, sob a invocação de São Pedro de Alcântara de Petrópolis, em homenagem ao Imperador, que se chamava Pedro de Alcântara.
    É por esse motivo que a cidade tem esse nome: Petrópolis quer dizer cidade de Pedro.
    
(clique na imagem para ampliar)
Chegada dos colonos, início da colonização de Petrópolis
    
    A Casa do Colono é uma das últimas casas construídas pelos colonos.
    Foi tombada em 16 de março de 1976, em homenagem aos colonos alemães, que chegaram a Petrópolis em 29 de junho de 1845, contratados para construir a Estrada da Estrela.
    Ela é quase toda igual à original, conservando paredes laterais, partes das paredes do interior da casa em pau-a-pique e outras partes de parede em barro e taboa.(taboa é uma palha muito usada na fabricação de esteiras).
FONTE:História de Petrópolis, coleção revelando Petrópolis vol.1 - Maria Inez do Espírito Santo


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário